× cardápios segmentos cupons de desconto galeria conteúdo classificados agenda quem somos fale conosco
Baixe nosso aplicativo:
Quem somos Fale conosco

A sua lista telefônica

Depressão x Tristeza
A tristeza é algo que todos nós em algum momento da vida iremos sentir, e ela é considerado algo saudável, pois a tristeza nos faz refletir sobre algo que não anda muito bem em nossas vidas. Pessoas que perderam alguém ou tiverem a perda de um emprego ou até mesmo o fim de um relacionamento, briga com um amigo por exemplo, podem passar por um momento de tristeza. A pessoa triste pode ter sintomas físicos no corpo, como: aperto no peito, coração acelerado e choro. Mas se algo de muito bom acontecer em sua vida, ela conseguirá esquecer esse motivo e vivenciar a alegria.

Já a depressão não precisa ter um motivo aparente para ocorrer como a tristeza precisa. Dessa forma, se acontecer algo muito bom na vida de uma pessoa que está com depressão, como ganhar na loteria ou passar no vestibular, a pessoa continuará triste e não conseguirá aproveitar o momento e se divertir.

A depressão nem sempre se manifesta com sintomas intensos, muitas vezes ele vem com sintomas mais leves e brandos e aí é que mora o perigo, pois muitas pessoas não procuram ajuda acreditando que estes sintomas vão passar, outros até procuram um clínico geral, acreditando estar com falta de vitaminas no corpo, ou até mesmo procurando algum outro tratamento, que não seja para a depressão.

Para uma pessoa ser diagnosticada com depressão, deve ter pelo menos cinco dos sintomas listados a seguir (além da tristeza profunda ou diminuição de prazer em realizar atividades que antes eram prazerosas) pelo período mínimo de duas semanas consecutivas, na maior parte dos dias.

Confira os sintomas mais comuns da doença:

• Humor deprimido na maior parte do dia, na maioria dos dias.
• Diminuição de prazer em realizar a maioria das atividades que no passado eram realizadas com prazer;
• Perda ou ganho significativo de peso (não intencional).
• Diminuição ou aumento do apetite e do sono;
• Agitação ou retardo psicomotor;
• Perda de energia ou fadiga;
• Sentimento de culpa ou inutilidade;
• Dificuldade de pensar e de se concentrar, ou indecisão;
• Diminuição da libido;
• Baixa autoestima;
• Pensamentos de morte
• Padrão de pensamentos negativos sobre si mesmo, o mundo e o futuro.

É importante destacar que esses não são os únicos sintomas da depressão e podem variar de acordo com cada pessoa. Se você identificou alguns dos sintomas acima procure a ajuda de um profissional, que irá a te ajudar a passar por este momento difícil em sua vida.

Talice Fernanda Ghion
PSICÓLOGA
CRP 07/25049