× cardápios segmentos cupons de desconto galeria conteúdo classificados agenda quem somos fale conosco
Baixe nosso aplicativo:
Quem somos Fale conosco

A sua lista telefônica

Espiritualidade
Até alguns anos atrás tratar do tema “espiritualidade” e ainda mais associá-lo a saúde e psicologia seria falar de um tabu, porém nas últimas três décadas essa pauta vem ocupando profissionais de diversas áreas da saúde em pesquisas científicas na busca de dados que forneçam compreensão às experiências e relatos até então só disponíveis no senso comum.

Antes de adentrarmos ao tema é importante esclarecer uma questão que ainda confunde muitas pessoas quando esse ponto é tratado: a espiritualidade e sua relação com a religião. Espiritualidade consiste na busca de um significado para a vida e para a sua existência que transcende os conceitos da materialidade e da vida concreta, na busca de uma conexão com algo maior que a si próprio, neste caso a religião pode ser ou não um veículo, um meio facilitador para esse processo no qual você destina um tempo para você, pode ser um retiro espiritual, uma peregrinação como, por exemplo, fazer o famoso “caminho de Santiago”, através da prática da meditação, entre outros.

A espiritualidade tem importância histórica e presente nas principais civilizações que viveram em nosso planeta nos últimos 3000 anos e estudadas pela Psicologia Positiva quando das investigações teóricas para sua fundamentação.

Como então a busca espiritual pode contribuir para uma vida com maior nível de satisfação e influenciar nossa saúde física e mental?

Essa busca é um processo exta-físico, ou seja, não é palpável ou perceptível é sempre experimentada através dos nossos sentidos, sentimentos, intuição e pensamento que possibilitam uma maior conexão consigo e com seu EU interior, gerando novas possibilidades e caminhos para o autoconhecimento e consequentemente um nível de consciência maior em relação a si, seus talentos, potencialidades e também limites, contribuindo para uma rotina com mais equilíbrio e bem estar. São descobertas pessoais, apreendidas e internalizadas de tal forma que impactam profundamente a visão de mundo e o modo de vida das pessoas que passam a viver literalmente aquilo que muitas vezes era só teoria. Esse processo contribui em nível de consciência para o equilíbrio sistêmico integrando os aspectos físicos, psicológicos e espirituais, que segundo pesquisas contribuem consideravelmente para qualidade de vida e a longevidade.

Concluo fazendo uma ressalva importante, se você já iniciou essa jornada ou tem interesse nessa busca, lembre-se sempre de que somos todos humanos o que nos faz pessoas com qualidades e limitações, assim ao buscar conhecimento que contribua para seu crescimentos espiritual, utilize sempre seu filtro, seu senso crítico, lembrando que o autor, o mestre ou guia, podem estar um degrau acima de você nessa jornada, mas continuam vivenciando dilemas da existência humana, talvez de uma forma mais consciente, porém isso não os torna seres superiores.

Carpe Diem!
Colha o seu dia e a sua semana!

Francisco Gambiragi
PSICÓLOGO