× cardápios segmentos cupons de desconto galeria conteúdo classificados agenda quem somos fale conosco
Baixe nosso aplicativo:
Quem somos Fale conosco

A sua lista telefônica

Obesidade: Você sabe quanto pesa na vida do seu filho?
A obesidade infantil ocorre quando uma criança está acima do peso normal para sua idade e altura.?
De acordo com o IBGE, uma em cada três crianças no Brasil está pesando mais do que deveria.?

Os quilos extras podem causar complicações para as crianças até a sua vida adulta, mesmo que a obesidade seja revertida nesse tempo. Doenças como diabetes, hipertensão e colesterol alto são algumas consequências da obesidade infantil não tratada. A doença também pode levar a baixa autoestima e depressão. Diversos fatores podem causar obesidade infantil. Entre as mais comuns estão: fatores genéticos, má alimentação, sedentarismo e condição médica como doenças hormonais ou uso de medicamentos a base de corticóides.

Apesar de ser uma doença com influência genética, nem todos os pais e mães com obesidade também terão filhos com o problema, assim como pais e mães dentro do peso podem gerar filhos com obesidade. Isso porque a obesidade infantil também tem ligação com os hábitos alimentares da criança e da família, bem como a realização de atividades físicas.

Pais, vocês são o exemplo!

- Troquem sucos artificiais e refrigerantes por sucos naturais.

- Troquem os bolos cheios de chocolate por um bolo integral.

- Eliminem as guloseimas e as frituras.

- Esqueçam os industrializados.

- Invistam nas frutas, legumes e vegetais.

- Prefiram alimentos integrais aos refinados.

- Evitem biscoitos, bolachas e refeições prontas. Estes alimentos são ricos em açúcar, sódio e gorduras: tudo o que sua filha ou seu filho não pode comer em exagero.

- Reduzam o número de vezes em que a família vai comer fora, especialmente em restaurantes que servem fast-food. Muitas das opções do cardápio são ricas em gordura e calorias.

- Sirvam porções adequadas, uma vez que as crianças comem bem menos do que os adultos. Se sua filha ou seu filho não conseguiu comer tudo o que estava no prato, não force.

Nossas crianças necessitam desta mudança para, no futuro, termos adultos saudáveis, que não necessitarão ficarem nas filas médicas e tomando inúmeros remédios. Façam do alimento o remédio que salvará a qualidade de vida de sua família.